As novas funções do Pix: conheça todas elas e como funcionam

pix saque e pix troco

Com as novas funções do Pix para serem lançadas, esse sistema de pagamento está cada vez mais popular entre os brasileiros, sendo responsável por mais de 80% das transações.

O Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI), ou Pix, é um meio de pagamento criado pelo Banco Central que permite realizar transferências com liquidação em apenas 10 segundos, a qualquer hora ou dia do ano — até em feriados. Além das operações serem totalmente gratuitas para pessoas físicas e microempresas.

Ele funciona através das Chaves Pix, que podem ser um código aleatório, CPF/CNPJ, telefone ou e-mail, em vez das longas instruções de agência, número e tipo de conta. É rápido, seguro e fácil de ser utilizado — motivos pelos quais se tornou o método preferido dos brasileiros em menos de 1 ano de seu lançamento.

A adoção dos pagamentos instantâneos no Brasil

O sistema de pagamentos instantâneos com apenas um ano de existência já caiu no gosto popular. Em abril, por exemplo, o Pix representou 81% das transações, enquanto DOC e TED somaram os restantes 19%.

Em outubro de 2021, segundo dados estatísticos do Banco Central, os pagamentos pelo Pix somaram mais de 94% das transações, ultrapassando a marca 950 milhões de operações.

Atualmente o Pix já soma mais de R$ 1 trilhão em transações. “Sua adoção foi extremamente rápida e vem crescendo ainda mais a cada semana. Um terço da população adulta já fez um Pix e o pagamento para empresas está com uma taxa média de crescimento de 57,5% por mês”, conta Carlos Eduardo Brandt, chefe adjunto da Gestão e Operação do Pix.

As novas funções do Pix

novas funções do PIX

Pix Saque

O Pix Saque, como o nome mostra, será uma forma dos usuários poderem sacar recursos em espécie nos estabelecimentos comerciais. Seu funcionamento é bem simples:

  1. Usuário faz um Pix no valor do saque desejado para o estabelecimento, sem fazer compras no local;
  2. Recebe o valor em espécie da loja, que atuou como agente de saque.

Pix Troco

Semelhante ao Pix Saque, o Pix Troco permite que o usuário possa sacar valores em espécie, mas junto de uma compra no estabelecimento.

Funciona assim:

  1. O usuário vai a um estabelecimento, por exemplo, um supermercado;
  2. Realiza uma compra no valor de R$ 150;
  3. Na hora de pagar, faz um Pix de R$ 200;
  4. O usuário recebe R$ 50 em espécie, como “troco”.

A grande diferença entre as funções do Pix Saque e Troco é que o saque de recursos em espécie acontece junto com uma compra. Assim, não é necessário realizar duas operações (uma para compra e outra para o saque).

Além disso, o extrato do usuário evidenciará os valores correspondentes ao saque e à compra separadamente.

Ambas as funções têm grande potencial de trazer benefícios tanto para os usuários quanto para os comerciantes. Isso porque oferece mais alternativas gratuitas de acesso ao dinheiro com mais praticidade, em vez de ter que procurar um caixa eletrônico ou agência bancária.

Por outro lado, as funções do Pix Saque e Troco também trazem benefícios para os comerciantes, afinal:

  • Atrai mais pessoas para o estabelecimento;
  • Representará nova fonte de receita, uma vez que o Pix Saque e Troco representarão recebimento de tarifas que variam de R$ 0,25 a R$ 0,95 por operação.

Além de aumentar a competitividade do setor financeiro, abrindo oportunidades para novas fintechs e serviços digitais. Esse serviço estará disponível a partir de 29 de novembro de 2021.

Pix Parcelado

O Pix Parcelado, ou como foi chamado pelo Banco Central, Pix Garantido, será uma função que permite otimizar o processo de pagamento parcelado usando o sistema.

Vale destacar que o nome Pix Garantido não é à toa. Isso porque essa função garante que o comerciante receberá os valores.

Assim, caso o comprador não tenha saldo no dia do vencimento da parcela, a instituição financeira, que é o intermediário, que pagará ao comerciante. Depois, ela cobrará do seu usuário pela inadimplência — bem parecido ao cartão de crédito.

Essa é uma das funções do Pix que traz enormes vantagens aos comerciantes, além de facilidades aos compradores. Para as empresas, o Pix Garantido apresenta as oportunidades de:

  • Redução de tarifas nas operações (como as do cartão de crédito);
  • Maior segurança no recebimento em compras parceladas;
  • Recursos disponibilizados imediatamente;
  • Maiores chances de aumentar ticket médio;
  • Possibilidade de atender um público maior (como aqueles que não possuem acesso ao cartão de crédito);
  • Otimização da gestão financeira e fluxo de caixa.

Essa função está prevista para ser lançada no segundo semestre de 2022.

O que é o PIX parcelado?

Pix Cobrança

O Pix Cobrança é mais uma das funções do Pix voltado às pessoas jurídicas. Com potencial de ser substituto ao boleto bancário, o Pix Cobrança permite que os usuários PJ possam emitir QR Codes para realizar cobranças imediatas ou com vencimento em data futura.

Desde o início do Pix era possível gerar QR Codes para recebimentos, entretanto, o Pix Cobrança permite códigos dinâmicos, com informações específicas para cada cobrança.

Assim, os comerciantes podem aproveitar:

  • Mais rapidez no recebimento (em vez de esperar o período de compensação dos boletos);
  • Podem fazer cobranças em data futura via Pix, adicionando multas e juros ou descontos;
  • Maior grau de personalização da cobrança;
  • Mais segurança, uma vez que a cobrança terá informações de valor, data de vencimento, CPF/CNPJ do pagador, dados do emissor e outras informações.
  • Menores tarifas, sendo que micro e pequenas empresas são, em geral, isentas.

Pix Checkout

Através do Pix Checkout as lojas virtuais poderão aproveitar todas as vantagens das funções do sistema na finalização do carrinho de compras. Ao passo que também apresenta facilidades para compras no varejo presencial.

Em resumo, o Pix Checkout permite que o usuário possa escolher o Pix como método de pagamento. Ou seja, trata-se da expansão dos métodos já oferecido pelos varejistas.

Com isso, na hora de pagar, o usuário poderá usar o “Pix Copia e Cola”, chave Pix ou leitura do QR Code. Assim, tanto o comerciante quanto o usuário poderão aproveitar de todas as vantagens já mencionadas até nas compras no e-commerce.

Quer saber mais sobre o tema?

5 perguntas e respostas sobre carteiras digitais

O que é embedded finance?

NFTs, arte digital e digitalização das marcas

Pagamentos invisíveis: como oferecer pagamentos sem fricção em seu e-commerce?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *