Pagamentos invisíveis: como oferecer pagamentos sem fricção em seu e-commerce?

o que são pagamentos invisíveis

Já ouviu falar em pagamentos invisíveis? Ainda que não reconheça o termo em um primeiro momento, as chances de você já ter utilizado essa solução são grandes.

Pagamentos invisíveis são aqueles que não requerem nenhuma ação do cliente para acontecer. Por exemplo, é quando você solicita um carro por aplicativo e paga a corrida automaticamente, sem precisar digitar o número do seu cartão a cada solicitação.

O mesmo processo pode ser visto nos aplicativos de delivery de comida, como o iFood. Uma vez que o cartão está cadastrado no app, todas as compras podem ser pagas de forma automática, sem necessitar da sua interação.

Mas do ponto de vista empresarial, por que essa oferta é interessante, especialmente para quem atua no comércio digital? 

Uma das principais razões é que os pagamentos invisíveis melhoram a experiência do cliente, visto que reduzem atritos e otimizam essa etapa do processo de compra. 

Como consequência, as empresas desse setor têm a chance de atender diferentes camadas de consumidores, se destacar dos concorrentes, ganhar em diferencial competitivo e lucrar mais.

Para se ter uma ideia, o relatório “Tendências da experiência do cliente 2021”, da Zendesk, revelou que 65% dos clientes desejam comprar de empresas que oferecem transações online rápidas e fáceis.

Com esse dado, é possível entender que processos de compra facilitados elevam o nível de satisfação do consumidor e contribuem para que ele não desista da sua aquisição, o que impacta positivamente no volume de vendas da marca.

E quais outras vantagens essa solução pode trazer para o seu negócio? Como implementá-la? Confira essas e outras respostas sobre o assunto neste artigo e neste vídeo!

Por que oferecer pagamentos invisíveis no e-commerce e quais as vantagens?

A oferta de pagamentos invisíveis no e-commerce está totalmente alinhada à nova geração dos meios de pagamento que, por sua vez, está impactando esse e outros setores.

Também chamado de invisible payment, essa solução, inclusive, foi citada no relatório The Global Payments Report, da Worldpay from FIS, empresa americana de tecnologia de pagamentos, como “a próxima onda de inovação do varejo”.

De acordo com o levantamento, é essencial que o comércio eletrônico trabalhe com essa opção, visto que ela atende ao novo comportamento do consumidor e às suas atuais necessidades e expectativas.

No que se refere às vantagens dos pagamentos invisíveis, as que mais se destacam são:

  • gera menos fricção na etapa de pagamento;
  • contribui para aumentar o volume de vendas e para fidelizar os clientes;
  • é compatível com a maneira como as pessoas lidam com o dinheiro.

Vantagens dos pagamentos invisíveis

Gera menos fricção na etapa de pagamento

Como explicado anteriormente, essa forma de pagamento evita que o cliente precise informar (digitar) os seus dados sempre que quiser comprar algo em uma loja virtual.

No caso dos marketplaces e e-commerces, uma vez que o comprador realiza o seu cadastro, todas as informações ficam salvas de maneira segura na plataforma. 

Assim, a cada nova compra, basta clicar em um botão para concluir o pagamento — a chamada “compra com um clique”, ou one-click-buy.

Contribui para aumentar o volume de vendas e para fidelizar os clientes

Justamente por otimizar a finalização da compra, há grandes chances de os varejistas digitais conseguirem aumentar o seu volume de vendas.

Quanto a isso, vale lembrar que os meios de pagamento e a burocracia nos cadastros estão na lista dos principais motivos que levam aos carrinhos abandonados no e-commerce.

Oposto a isso, boas experiências de compra — como as geradas com checkouts rápidos e seguros —, ajudam a fidelizar os clientes, considerando que esse consumidor sabe que consegue fechar a sua compra com poucos cliques.

É compatível com a maneira como as pessoas lidam com o dinheiro

Segundo o estudo “The Future of Money”, as pessoas tendem a lidar com o dinheiro de duas formas: slow money e fast money

Slow money diz respeito aos investimentos e gastos maiores, como a compra de um automóvel ou imóvel.

Já o fast money são os gastos diários e/ou impulsivos que, por representarem valores menores, não comprometem tanto a renda do consumidor.

Quando um e-commerce utiliza uma solução invisible payment tem a chance de se beneficiar desse último comportamento, inclusive fomentando o potencial cliente a concluir a compra.

A pesquisa CNDL/SPC Brasil reforça a tendência a compras impulsivas pela internet. De acordo com o levantamento, 43% dos consumidores admitem que nem sempre planejam as suas compras virtuais, e outros 10% confirmam que nunca fazem esse planejamento.

Atrelada a bons meios de pagamento no varejo, essa postura dos clientes pode gerar boas vendas para as empresas que vendem via internet.

Como o invisible payment melhora a experiência de compra do cliente?

No início deste artigo foi dito que trabalhar com um modelo de pagamento invisível melhora a experiência do cliente, se lembra? Mas em quais pontos essa oferta impacta positivamente nesse resultado?

Entre as razões que mais se destacam estão:

  • a finalização de compra toma menos tempo do cliente, contribuindo para a sua tomada de decisão;
  • há bem menos atrito no processo de checkout;
  • é possível utilizar o método de pagamento favorito para as compras online, sem precisar informar os dados a cada nova aquisição;
  • aumenta a sensação de confiança e de confiabilidade na marca, uma vez que as informações de pagamento são inseridas uma única vez na plataforma de venda e mantidas seguras.

O que é preciso para oferecer pagamentos invisíveis no seu e-commerce?

Uma das melhores formas de implementar os pagamentos invisíveis no seu e-commerce é utilizando uma boa plataforma de pagamento online.

De modo geral, essas soluções são oferecidas por empresas fintechs, e têm a vantagem de já estarem em conformidade com as regulamentações vigentes do mercado de meios de pagamento.

Além disso, esse tipo de plataforma contribuiu para aprimorar a gestão financeira do seu negócio, e para disponibilizar ao seu público métodos de pagamento digitais modernos e atualizados.

Dica extra!

Na hora de escolher essa ferramenta para oferta de pagamentos online, considere pontos como:

  • segurança;
  • escalabilidade;
  • facilidade de integração;
  • quanto a solução pode, efetivamente, melhorar a experiência dos seus clientes;
  • quanto pode contribuir para aprimorar o gerenciamento do seu negócio;
  • taxas praticadas pelas movimentações financeiras;
  • facilidade para incluir novos meios de pagamento;
  • assistência e suporte técnico.

Este artigo foi escrito por Rafael Lavezzo, Chief Revenue Officer da Zoop, fintech líder em tecnologia para serviços financeiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *