Pix no PDV: como funciona e vale a pena?

pix no pdv

O sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central vem causando mudanças profundas na forma como os pagamentos são realizados no país. Entretanto, uma das maiores dúvidas é como integrar o Pix no PDV.

No varejo digital, o sistema vivencia um rápido crescimento. Aliás, no segundo semestre de 2021, o uso do Pix no varejo mais que dobrou. Os pagamentos instantâneos saltaram, segundo estudo da consultoria Gmattos, de 16,9% para 40,7% do volume total de pagamentos eletrônicos.

O uso do Pix no varejo também mostrou um impacto diferente da expectativa. Quando o sistema foi anunciado, estimava-se que os boletos seriam um dos métodos mais impactados. No entanto, foi constatado que 91,6% das lojas virtuais continuam aceitando os boletos, ao passo que apenas 33% aceitam o débito online.

Como funciona o PIX no varejo

O varejo digital rapidamente se adaptou aos pagamentos instantâneos, como pode ser visto pelo alto número de lojas virtuais que aceitam o método. Isso acontece porque o Pix tem uma alta taxa de conversão quando comparado com o débito, por exemplo.

Por outro lado, o Pix no PDV ainda vê uma adoção um pouco menos aquecida. Contudo, o futuro é promissor: segundo uma pesquisa da área de Inteligência de Mercado da Globo, 44% dos entrevistados têm intenções de usar o Pix nas lojas físicas.

Vale destacar que, atualmente, as soluções de pagamentos no varejo já são automatizadas. A maquininha é o principal exemplo disso.

O Pix no PDV, portanto, pode funcionar de diferentes formas:

  • Código QR na maquininha de cartão: muitas empresas já disponibilizam máquinas de cartões que também possuem a opção de pagar pelo QR Code Pix.
  • Integração via API: nesse caso, o software PDV gera o código de pagamento via API do Pix e confirma o pagamento através de webhooks.

Vantagens do Pix no PDV

vantagens do pix no PDV

Independente do método de integração do Pix no PDV (maquininha de cartão ou via API), a aceitação de pagamentos instantâneos no varejo físico traz imensas vantagens:

1. Rápida liberação de recursos

Em diversas soluções de pagamentos eletrônicos os recursos ficam disponíveis após vários dias. Geralmente, em 1 dia útil ou pode chegar a até 30 dias, como no caso dos cartões.

Contudo, o Pix no PDV oferece disponibilização imediata dos valores! Nada de ficar esperando o provedor liberar o saldo, pois nesse caso a compra é confirmada e repassada em segundos, permitindo equilibrar e ter controle sobre o fluxo de caixa.

2. Agilidade no checkout

Através das Chaves Pix, o pagamento é muito mais rápido. Apenas com o celular em mãos, os consumidores podem fazer suas compras, sem precisar ficar carregando cartões ou dinheiro físico.

Seja através da chave ou QR Code (que é atrelado a chave Pix do lojista), o cliente finaliza rapidamente sua compra, aumentando a conversão.

3. Menores custos

O sistema nasceu visando oferecer um método de pagamento seguro, ágil e econômico para todos. Enquanto pessoas físicas possuem gratuidade automática, varejistas também se beneficiam de tarifas muito menores do que os outros métodos.

Isso acontece porque o Pix no PDV não precisa de intermediadores, como acontece com os cartões de crédito e débito. Com menos agentes envolvidos, menores os custos operacionais!

4. Rápida conciliação bancária do Pix no PDV

Uma preocupação de qualquer varejista é a integração dos softwares de PDV, ERP e Frente de Caixa.

Com essa API, é possível fazer uma integração rápida entre todos os sistemas, assim, facilitando a conciliação bancária dos pagamentos instantâneos no varejo físico.

Essa integração permite, além da conciliação, de emitir as cobranças diretamente do software PDV, ou seja, sem a necessidade de adquirir uma nova plataforma, por exemplo.

5. Possibilidade de atrair mais público

Vamos detalhar mais à frente, contudo, o Pix possui algumas funções que estão sendo implementadas que vão ajudar a trazer mais tráfego para as lojas físicas. Essas novas funções também representam nova fonte de receita para os varejistas, uma vez que as lojas terão comissões por disponibilizá-las.

pix no varejo

Tecnologias Pix no PDV para impulsionar os negócios

Comentar sobre funções como Pix Saque e Troco, entre outras facilidades para os varejistas

O Banco Central anunciou novas funcionalidades para o Pix no PDV: Pix Saque e Troco. Essas funções trazem mais facilidades para o consumidor, ao mesmo tempo que apresenta novas oportunidades aos lojistas.

Essas duas funcionalidades permitem que o consumidor receba valores em espécie em qualquer varejo físico:

  • Pix Saque: o consumidor faz uma transferência para o lojista que retorna ao consumidor o equivalente em dinheiro vivo.
  • Pix Troco: funciona igual ao Pix Saque, mas a transferência estará atrelada a uma compra na loja.

Uso do QR Code no varejo

A principal forma do Pix no PDV é através do QR Code, que é um código bidimensional que pode escaneado pela câmera do celular e, assim, agilizar o pagamento. Nada de fazer o cliente ficar digitando várias linhas de instruções para pagar!

Esse código pode ser implementado em duas formas: Estático ou Dinâmico. O formato estático possui características fixas, como prazo e valores. O QR Code dinâmico, por sua vez, pode ser gerado de acordo com a compra e conter informações mais detalhadas, como descontos, multas e juros.

O modo estático pode ficar exposto no PDV. Assim, basta o cliente escanear através do aplicativo do seu banco, inserir o valor da compra e finalizar. Já o código dinâmico elimina o passo de ter que inserir o valor manualmente, pois o QR Code é específico para aquela compra, sendo de uso único (e a melhor opção para integração com o sistema).

Carteiras digitais e Pix para varejistas

Por fim, vale ressaltar que o Pix no PDV também traz oportunidades de implementação de carteiras digitais! Essas carteiras são excelentes para fidelizar clientes.

Atualmente, a criação desses aplicativos está mais fácil do que nunca. Com os pagamentos instantâneos é possível criar um processo de checkout personalizado, com recompensas exclusivas para clientes e muito mais, uma vez que há menos intermediários e custos operacionais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *