Programador 4.0: conheça as habilidades do profissional de TI do futuro

Para trabalhar com desenvolvimento de softwares, um programador precisa ter habilidades técnicas, também conhecidas como hard skills, como conhecimento em linguagens de programação e scripts, know-how em sistemas operacionais e de rede, por exemplo.

Como esta é uma área que se baseia na tecnologia, ela muda constantemente – e o programador precisa sempre estar atualizado e para isso a internet está cheia de vídeos, cursos, tutoriais etc.

Mas, além das hard skills, o programador do futuro precisa também das soft skills. Afinal de contas, pessoas são contratadas pelas hard skills e desligadas pelas soft skills. 

Mas, afinal, o que são as soft skills?

As soft skills são habilidades subjetivas relacionadas à inteligência emocional, que contribuem com as relações profissionais. Capacidades como comunicação eficaz, pensamento criativo, empatia e ética estão entre as soft skills mais requisitadas pelo mercado. 

Diferente das hard skills – que entram no currículo e são aprendidas em cursos e faculdades – as soft skills são adquiridas por meio das experiências vivenciadas ao longo da vida e da carreira. 

Entre as softs skills mais procuradas estão:

Habilidades interpessoais – Acabou-se o tempo em que o programador podia ficar na dele, com seu fone em frente ao computador, apenas programando. A relação do profissional com a equipe e com o cliente conta muito e precisa ser uma boa relação.

“Getting things done” ou Fazer as coisas acontecerem – As empresas buscam profissionais que sejam capazes de trabalhar independente e colaborativamente, de resolver conflitos, de cumprir prazos e de produzir resultados com qualidade.

Liderança – Da liderança (voluntária ou compulsória) exige-se responsabilidade – com o projeto e com o time – e capacidade de orientação e direcionamento da equipe

Além dessas três, existem 5 soft skills que todo programador deveria ter:

Resiliência

Durante o desenvolvimento de um software haverá muita refação, muita mudança de ideia e de briefing e, às vezes, até da equipe, então a resiliência é uma habilidade fundamental para lidar com esta dinâmica, de forma a aceitar as mudanças sem crises e reclamações e tocar o barco.

Flexibilidade

Esta habilidade complementa a primeira. O programador resiliente aceita a mudança e, sendo também flexível, ele se adapta. E flexibilidade não tem só a ver com trabalho, mas com as relações interpessoais – é preciso ser flexível, entender o outro (aceitando defeitos, limitações e erros).

Autodidatismo

Esta skill está relacionada à necessidade constante de atualização que a área de TI apresenta, diante das novidades que surgem quase que diariamente em relação a programas, ferramentas e softwares. E, como mencionado anteriormente, a internet pode ajudar com vídeos, artigos, cursos, fóruns etc.

Organização

A organização tem menos a ver com a disposição das coisas na sua mesa e mais com a sua gestão de tempo, prazos e prioridades e aos códigos, que precisam ser limpos e intuitivos, bem como o report ao líder e à equipe.

Colaboração/trabalho em equipe

Para trabalhar em equipe é preciso entender que as pessoas são diferentes e que, para se relacionar e trabalhar bem com elas é preciso saber ouvir (principalmente as ideias e opiniões contrárias às suas) e respeitar as diferenças. O seu trabalho deve ser feito e reportado considerando o time, de forma que todos entendam e possam atuar juntos no projeto.

[Veja nosso post: Times integrados trabalham melhor]

Alguns profissionais já nasceram com algumas destas habilidades, como a comunicação eficaz, por exemplo. Mas, ainda que não sejam inerentes, estas habilidades podem ser construídas. Uma gestão integrada, o aculturamento e o desenvolvimento de lideranças são formas de aprimorar e produzir soft skills. Para isso, o RH tem papel fundamental – desde a seleção até a potencialização das habilidades.

Se você já tem ou quer desenvolver estas habilidades do futuro, acesse nosso banco de oportunidades e se inscreva


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *