Meu Ciclo Atual de Aprendizado

Hoje eu vivo um momento de muito aprendizado, então separei algumas lembranças muito importantes deste meu início e venho aqui compartilhar um pouco dessa experiência com vocês.

O início

Minha experiência inicial na FCamara foi como um choque: eu acabava de ser aprovado no Programa de Formação e ia começar a trabalhar em uma das melhores empresas de consultoria.

Eu ficava imaginando todos os tipos de desafios que eu passaria e que teria a chance de superar. Todas as pessoas mais experientes que eu e altamente capacitadas com as quais eu poderia aprender algo.

E não foi diferente. Todo dia desde então eu me vejo frente à situações que me desafiam e fazem dar o meu máximo para superá-los e entregar o melhor de mim.

Passamos por um onboarding (eu e os outros participantes aprovados no Programa de Formação) onde tivemos conversas com diferentes pessoas que atuavam em diferentes frentes para entendermos mais sobre suas áreas.

Uma das coisas que mais me surpreendeu nesses bate-papos foi a quantidade de experiência e conhecimento que todos possuíam! Muitos pareciam trabalhar há anos na área, mas na verdade não chegava há um ano, se não alguns meses.

Projetos e aprendizados

Passado a fase inicial de adaptação, logo em meu primeiro projeto íamos trabalhar com tecnologias novas e algumas que até então eu nunca havia tido contato, como Angular 2, Typescript e Javascript.

Isso fez com que eu aprendesse os conceitos das linguagens, suas características e boas práticas em tempo recorde, para que assim eu entregasse um melhor resultado.

Essa experiência me deu algumas lições, como por exemplo: o nível de qualidade daquilo que entrego está totalmente relacionado ao nível de dedicação e esforço que coloco neste trabalho, e que quando tenho metas bem definidas e com prazo também definidos, meu empenho para realizá-las se torna mais eficaz.

Após este primeiro projeto, fui realocado em um outro que já tinha sido finalizado, mas ainda havia alguns pontos críticos a serem consertados. Novamente me deparei com uma linguagem que não dominava totalmente: o Vue.js, e assim como antes me lancei em cursos e estudos a fim de aprender rapidamente os principais pontos necessários para sua conclusão.

Mas dessa vez a lição foi outra. Por conta das necessidades de entrega, principalmente pelo tempo, não seria possível uma reestrutura grande do projeto para aprimorar alguns pontos, como fluxos e funcionalidades. Devíamos resolver rapidamente e pontualmente os problemas que existiam, e com isso aprendi que em alguns momentos menos é mais, ou seja, entregar esse projeto não tão otimizado, com os problemas destacados resolvidos e em tempo hábil seria melhor que entregá-lo mais completo, porém após o tempo limite.

Concluindo

Sou muito grato pela possibilidade que estou tendo na FCamara e muito feliz por ver o quanto a empresa oferece para nossa formação, não só profissional, mas como pessoal também.

Estou há apenas cinco meses na empresa e a quantidade de ensinamentos e experiências que tive chega a ser surpreendente. 

Estou ansioso para participar de diferentes projetos para assim evoluir e poder agregar mais valor à toda equipe que eu faça parte, a empresa e aos clientes!

Artigo desenvolvido por Vitor Coelho da Silva – Trainee no Grupo FCamara

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *