Last Mile: oportunidade para os pequenos varejos e e-commerce

Last Mile e-commerce

Olhando para o mercado cada vez mais competitivo, entregas rápidas e com excelência com certeza são um grande diferencial no mundo do e-commerce. Hoje, uma das grandes dores e até mesmo dificultador para a expansão do negócio, está no processo de entrega das mercadorias.

Podemos imaginar que quando temos grandes concentradores de estoques que entregam para todo o Brasil, ele tem que passar por todo o processo de distribuição, um grande funil até chegar ao consumidor final e isso acaba exigindo uma estrutura logística com custos elevados.

Hoje, antes de um pedido ser concluído, o consumidor verifica o prazo de entrega podendo até desistir da compra, dependendo da demora.

Já imaginou sua mercadoria chegar no mesmo dia até você? Ou então, ter a opção de retirada em poucos minutos, após a compra ser concluída?

Esse é o modelo que vem sendo implementado pelo mercado, onde a logística está se aperfeiçoando para atender essa alta expectativa dos consumidores. E por que não utilizar o estoque do pequeno lojista para atender as vendas online da marca (indústria) ?

O conceito “Last Mile”, ou última milha, é aquela última parte da logística até o produto chegar na mão do consumidor. Outro exemplo prático disso, são os grandes Marketplaces que utilizam os seus sellers como “parceiros” na armazenagem ou ponto de coleta de mercadorias para o consumidor final.

A Alibaba explora muito bem isso no mercado chinês desde 2017, implementando a inteligência de dados em suas operações logísticas, criando uma cadeia de distribuição totalmente integrada. E com isso, se tornaram aliados de pequenos e grandes varejistas na China, atraindo clientes através do modelo de entregas.

Com esse entendimento, criamos a Omnistore, um modelo onde a indústria pode aproveitar o conceito de last mile para usar o espaço e estoque de seus lojistas, para fazer a entrega direta para o consumidor. Fortalecendo toda a cadeia e agregando valor ao negócio da indústria, dos distribuidores e principalmente dos pequenos lojistas, que sozinhos não conseguem investir em uma boa presença digital, ainda mais em um período delicado como esse vivenciado atualmente com a pandemia do corona vírus.

Desta maneira, estamos contribuindo diretamente para a retomada econômica do Brasil, agregando valor a cadeia B2B e resgatando negócios locais. Enquanto o consumidor da sua casa, pode fazer as compras on-line diretamente das marcas que ele já conhece e confia!

Quer saber mais sobre esse assunto ? Entre em contato e não deixe de acompanhar nossos canais digitais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *