Qual o impacto do open banking no mercado financeiro e dicas para as instituições?

impacto do open banking

O open banking é uma das inovações do Banco Central que vem para modernizar a relação cliente e instituições financeiras, que estão passando por transformações desde a época do PIX.

No Brasil o processo de implementação do open banking já está caminhando e a intenção é que até o final do ano todas as instituições obrigatórias já estejam integradas ao diretório.

Todo este processo exige infraestrutura e tecnologia, mas para contextualizar vamos falar um pouco mais sobre o universo do Open Banking.

Como vai funcionar o Open Banking?

Em uma pesquisa global, a implementação de serviços digitais já é uma prioridade para 85% das 221 instituições financeiras entrevistadas. Assim como, 70% delas pretendem investir em tecnologias que fortaleçam seu posicionamento competitivo e para ganhar mais espaço de mercado, é nesse cenário que o Open Banking se encaixa.

Mas afinal, o que é o open banking?

O conceito consiste na utilização de APIs abertas de diversas instituições financeiras com a finalidade de criar produtos e soluções inovadoras para os seus clientes. Além de se basear na premissa básica de que os dados de transações e histórico financeiro são de propriedade do cliente e que ele pode utilizar da forma que desejar com essas instituições.

Para as instituições se prepararem elas precisarão passar por 4 fases de implementação do Open Banking que resumimos na imagem abaixo:

O mercado financeiro está se adaptando e correndo para atender as especificações. Em parceria com o Banco Central estão decidindo alguns aspectos do Open Banking, como as interfaces e APIs. Toda essa discussão está utilizando como referência e inspiração o mercado de fora do Brasil, especificamente a implementação em UK.

Quer entender um pouco como foi a implementação do Open banking fora do Brasil? Veja nosso webinar.

Quais as dicas que os participantes podem receber?

Veja o Guia Operacional do Grupo de Trabalho do Open Banking no Brasil para entender os padrões, os guias de implementação, as APIs que precisará se integrar e se preparar para as próximas entregas do Banco Central.

Fizemos um conteúdo com uma análise de como foi a implementação em UK e como a utilização estratégica do Open Banking pode trazer grandes benefícios para as instituições participantes.

O ano de 2021 vai ser de grandes mudanças para o mercado financeiro e de empoderamento de dados para os clientes. Por isso, os participantes do Open Banking devem aproveitar o momento para identificar as necessidades não atendidas dos clientes e crescer suas ofertas de serviços e produtos neste mercado em constante evolução.

Quer saber mais?

O que esperar do Open Banking no Brasil?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *