Categorias me nu
X

categorias

X
TI estratégico: entenda a importância de ir além do operacional
Home / Categorias / Gestão e Negócios

TI estratégico: entenda a importância de ir além do operacional

por FCamara | 31 de janeiro de 2017 | Gestão e Negócios

Ao longo das últimas décadas, a área de Tecnologia da Informação passou a um novo patamar dentro e fora das organizações.

Se antes era meramente operacional, agora se tornou, em muitos casos, o principal setor de um negócio — dada a revolução que a tecnologia causou nas mais diversas áreas nos últimos anos.

Com essa mudança, muitas companhias passaram a se perguntar se a área de TI deve assumir um papel estratégico ou mais operacional?

No artigo de hoje, vamos compartilhar alguns motivos para que você possa pensar como TI estratégico e delegar as funções do TI operacional. Confira:

Foco no que você faz de melhor com TI estratégico

Imagine uma equipe de TI motivada, com bons profissionais que tem como missão pensar estratégias de inovação para uma determinada empresa.

Agora, imagine alternar essa função com outras tarefas básicas e extremamente comuns nas empresas: manter os sistemas de e-mail, serviços de backup, máquinas conservadas, servidores funcionando, estrutura da rede, dentre outros.

As atividades operacionais sempre vão existir e são fundamentais para a existência de uma empresa, mas quando a organização tem em sua equipe de TI a tarefa primordial de reinventar os passos de seu negócio, é preciso saber focar. Se esse é o seu caso, o estratégico é a sua prioridade.

Em busca de melhores resultados

O chamado outsourcing de TI, que é justamente a terceirização desses serviços operacionais, pode, dessa forma, significar uma melhoria nos resultados de sua empresa e no cumprimento das metas estabelecidas.

Dessa forma, o tempo seria dividido de forma desigual: mais tempo para pensar as estratégias e menor fatia para supervisionamento das atividades realizadas pela parceira terceirizada, sem que a equipe de TI tivesse que, de fato, colocar a mão na massa do operacional e focasse no negócio na empresa.

Reduzir custos

Outra vantagem que tem sido obtida por empresas que optam por delegar a parte operacional da TI a outras empresas é uma redução nos custos das operações como um todo. Isso porque, ao deixar de realizar um determinado tipo de tarefa, é possível reduzir o tamanho da equipe responsável pela TI e deixá-la somente com as funções estratégicas.

Custos com um funcionário, como pagamento de férias, décimo terceiro, fundo de garantia e outros benefícios trabalhistas deixam de ser responsabilidade da sua empresa e passam para a parceira, que terá uma equipe própria para cuidar dessa questão burocrática.

Quais serviços podem ser terceirizados?

Optar pelo outsourcing de TI não significa adotar um modelo utilizado por uma empresa e achar que isso vai bastar para a sua. Primeiro porque cada empresa é diferente e, com isso, as necessidades de terceirização também poderão ser diferentes.

No entanto, algumas funções têm sido constantemente desempenhadas por empresas terceirizadas, como:

  • Integração de sistemas;
  • Data Center;
  • Armazenamento e backup de informações;
  • Help Desk;
  • Segurança;
  • Desenvolvimento de aplicações;

Uma dica é elaborar um estudo interno que indique suas reais necessidades e procurar uma empresa que consiga desenhar um modelo de serviço que encaixe nesse escopo.

Gostou do conteúdo de hoje e de aprender um pouco mais sobre o TI estratégico? Aí vai uma última dica: siga nosso perfil nas redes sociais e fique por dentro das novidades sobre o setor. Estamos no Facebook, no Twitter e também no LinkedIn. Até a próxima!

Comentários

inscreva-se

Fique por dentro das últimas notícias e novidades do Grupo FCamara e do nosso time #SANGUELARANJA