Categorias me nu
X

categorias

X
TI bimodal: 4 fatos que você precisa conhecer
Home / Categorias / Carreiras em TI

TI bimodal: 4 fatos que você precisa conhecer

por FCamara | 24 de junho de 2016 | Carreiras em TI

A TI bimodal surgiu da necessidade de ter equipes mais eficientes em soluções e desenvolvimento. A proposta é conciliar o papel tradicional do departamento de TI com a criação e o desenvolvimento de novas soluções.

Assim, enquanto parte da sua equipe trabalha controlando os processos e operações necessárias para que o negócio siga funcionando, uma outra parte dos profissionais se dedicará a encontrar maneiras mais eficientes de trabalhar.

Quer saber qual a importância de adotar a TI bimodal em sua empresa? Então, continue a leitura!

A TI bimodal é tendência entre as grandes empresas

Boa parte das empresas aderiu ao bimodal ou planeja adotar esse modelo de atividades nos próximos anos, visto que o bimodal oferece ótimos ganhos de performance e tem o potencial de transformar seu departamento de TI em um setor mais estratégico. Além disso, adotar esse modelo é um claro indicativo de que uma empresa está disposta a inovar.

Mudar para a TI bimodal irá depender de uma série de fatores, como repensar a cultura de sua empresa, reestruturar o departamento, definir metodologias e encontrar as ferramentas certas para colocá-las em prática.

Perspectivas para a TI bimodal

Embora a TI bimodal tenha se popularizado nos últimos anos, ela não é exatamente novidade. Em boa parte das grandes empresas, de software ou não, sempre houve uma parcela do time trabalhando no desenvolvimento de soluções que tornem seu negócio mais eficiente.

De acordo com uma pesquisa realizada pela empresa Gartner Group, estima-se que até o ano de 2017, a TI bimodal será adotada por até 75% das empresas. Se sua organização precisa de um departamento de TI mais ágil, focado na melhoria da performance e na criação de alternativas que irão diferenciar sua empresa dos competidores, é hora de partir para esse caminho!

TI bimodal não significa TI bifurcada

Bimodal não significa bifurcada, ou seja, profissionais de infraestrutura e operações também podem estar envolvidos com projetos de inovação. Na maioria das empresas, o próprio tamanho do departamento de TI torna inviável que a adoção do bimodal signifique um isolamento completo entre equipes.

É claro que cada profissional terá uma função principal dentro de sua organização, mas fomentar o trabalho em inovação para profissionais de operações pode ser um estímulo para que eles trabalhem com maior satisfação. Aproveitar a experiência que esses profissionais têm com os recursos disponíveis também é uma ótima maneira de garantir que a sua empresa consiga projetar ideias e soluções.

Vantagem competitiva

A TI bimodal é uma vantagem e tanto para sua empresa na hora de fazer negócios. Por ser descentralizada, essa forma de gerenciar seu departamento é mais eficiente do ponto de vista da inovação. Quando múltiplas equipes trabalham em paralelo, seu negócio aumenta as chances de acerto e fica muito mais competitivo.

O que não pode acontecer é a valorização da equipe de inovação em detrimento do time de operações: ambos devem ser considerados de igual importância para o andamento de suas atividades. Essa mentalidade ajuda a estabelecer uma cultura favorável à integração, o que é mais eficiente na hora de transformar ideias em soluções.

A TI bimodal pode ser um destaque no portfólio da sua empresa, sendo oferecida como vantagem aos olhos de contratantes por estar na vanguarda dessa tecnologia.

O que achou deste post? Você pode conferir também esse post sobre Setor de TI estratégica: a mudança do escopo operacional para o escopo estratégico!

Comentários

inscreva-se

Fique por dentro das últimas notícias e novidades do Grupo FCamara e do nosso time #SANGUELARANJA