Categorias me nu
X

categorias

X
Saiba como implantar uma cultura de inovação entre seus funcionários
Home / Categorias / Carreiras em TI

Saiba como implantar uma cultura de inovação entre seus funcionários

por FCamara | 24 de dezembro de 2016 | Carreiras em TI

Atualmente, com o mercado cada vez mais concorrido, trabalhar em prol de melhorias dentro da empresa é obrigatório para todo gestor. É preciso oferecer um diferencial para que o negócio se destaque e continue crescendo dia após dia. E, para proporcionar inovação contínua em um negócio, não há estratégia melhor do que criar um ambiente no qual todos colaborem para promover melhorias.

Entretanto, é necessário agir de forma bem organizada sempre que planejamos alguma mudança comportamental no ambiente de trabalho. Por isso, mostraremos aqui tudo o que você precisa saber para implantar uma cultura de inovação entre seus funcionários. Confira:

Crie um ambiente propício à inovação

A tecnologia oferece diversas ferramentas que podem auxiliar no desenvolvimento das suas equipes para garantir a inovação na área em que atua. Entretanto, não adianta investir fortemente nesse tipo de mecanismo se seus funcionários não estão preparados para lidar com eles.

Primeiramente, é fundamental criar um ambiente propício para que haja um pensamento coletivo que contemple a inovação. A troca de informações deve ser uma prática facilitada dentro da empresa, garantindo, assim, que os funcionários desenvolvam uma melhor comunicação interna. Isso vale não só para membros do mesmo time, mas também para funcionários de diferentes setores.

O nível de comunicação interna diz muito sobre a cultura de uma empresa. Se há uma boa relação entre os funcionários, com troca de informações e experiências relacionadas a projetos e processos de cada time, a tendência é que todos se sintam mais à vontade para contribuírem com ideias inovadoras.

Não se esqueça de que a boa comunicação entre gestores e funcionários também é fundamental para que essa ação tenha sucesso.

Trabalhe no alinhamento dos objetivos

Para que os funcionários passem a integrar essa cultura de inovação que você quer para a empresa, é preciso que eles estejam cientes do planejamento atual. Desenvolva uma apresentação na qual os objetivos da empresa sejam descritos de forma bem clara.

Um dos pontos a serem trabalhados é conscientizar a todos sobre a diferença entre buscar inovação e implantar novidades. Não é porque algo é novo para sua empresa que significa diretamente uma inovação. Esse processo vai muito além, podendo chegar a níveis em que nenhuma outra empresa aplica algo parecido.

Por isso, definir os objetivos significa esclarecer que a inovação é fruto de um trabalho constante, no qual processos são reformulados e evoluem para sistemas mais eficazes.

Um funcionário eficiente é aquele que está de olho nas tendências sem perder de vista quais são os objetivos traçados pela empresa.

Motive a exposição de ideias

Como mostramos acima, é fundamental que os funcionários estejam cientes dos objetivos a serem alcançados. Isso servirá como um Norte para o desenvolvimento de ideias inovadoras. Porém, mesmo que uma pessoa tenha uma grande ideia, de nada adiantará se ela guardar a ideia só para si.

Desse modo, é essencial que você trabalhe no desenvolvimento de um ambiente aberto a sugestões e ideias por parte dos funcionários. Todos devem ter voz ativa e espaço para falar, seja em reuniões específicas do time ou mesmo se buscarem esse contato com algum supervisor.

Esse investimento traz frutos rapidamente, conforme os funcionários passem a identificar a liberdade que têm para expor as próprias ideias.

Estabeleça relações que deixem claro para todos que, se alguém tiver uma ideia, por mais simples que seja, terá a atenção da empresa para ouvi-la. São as pequenas contribuições que trazem as maiores inovações para uma empresa. Não deixe que a insegurança dos funcionários impeça a apresentação dessas boas ideias.

Implemente a mudança partindo de cima

O papel dos supervisores é fundamental para que todas as equipes estejam alinhadas com os objetivos e valores da empresa. Num primeiro momento, sabemos que eles devem mediar a comunicação entre os funcionários e a gerência, além de garantir que eles estejam conscientizados sobre o planejamento atual.

Porém, quando falamos de um processo que visa mudar a cultura interna da empresa, o supervisor ocupa uma posição estratégica crucial para alcançar esse objetivo. Isso acontece, pois os funcionários veem nele não apenas um líder, mas uma referência do comportamento esperado e aceito pela empresa.

Certifique-se de que cada supervisor esteja bem alinhado com as mudanças que devem ser implementadas, agindo de forma a servir de exemplo para os outros funcionários. Isso significa que ele deve apresentar as próprias ideias, pedir a opinião dos funcionários em relação a elas, oferecer um canal aberto de comunicação, entre outras coisas.

Dessa forma, você garante que a cultura de inovação seja algo presente já entre os cargos de gestão e supervisão, tornando-se um comportamento natural para todos os funcionários.

Assim como em qualquer estratégia comportamental que você deseje implementar na empresa, o exemplo deve vir de cima.

Desenvolva um plano de acompanhamento

Sua estratégia para implantar uma cultura de inovação deve ser cuidadosamente planejada. Isso significa que você deve definir etapas para essa implementação, nas quais sejam trabalhados os objetivos, a conscientização dos funcionários, a conduta exemplar dos superiores e também um plano para auditar a evolução do processo.

Para que você trabalhe com segurança e alcance seus objetivos, é preciso estabelecer métricas que especifiquem se o plano está sendo bem aplicado. É importante saber como seu negócio está sendo afetado por essa mudança, ajustando sua estratégia conforme as necessidades.

Isso significa que você deve ter parâmetros bem definidos e que mostrem como os funcionários estão respondendo a essa iniciativa, quais os retornos obtidos até o momento, quais as próximas ações a serem tomadas, etc. Auditar o processo é garantir a qualidade no resultado final.

Exemplos de ações

Se você estabeleceu uma política que envolve o preenchimento de propostas de melhoria, por exemplo, é importante definir um índice quantitativo para saber se os funcionários estão utilizando esta ferramenta.

Já para o caso de empresas que preferem uma relação mais aberta em reuniões diárias e semanais entre os supervisores e seus funcionários, é interessante propor que os responsáveis por cada time apresentem relatórios com as ideais debatidas.

Vale lembrar que uma cultura de inovação eficiente envolve trabalhar na autonomia dos funcionários para a realização do próprio trabalho. Isso significa que, em muitos casos, uma boa métrica para verificar a evolução desse processo pode ser a avaliação do desempenho individual de cada profissional.

Faça uma análise do funcionamento interno de sua empresa e veja qual a melhor maneira de agir para essa implantação. Um bom planejamento é o segredo para ações que busquem inovação e crescimento!

Gostou do post? Então, acesse nossas páginas no Facebook e LinkedIn para saber mais dicas e informações!

Comentários

inscreva-se

Fique por dentro das últimas notícias e novidades do Grupo FCamara e do nosso time #SANGUELARANJA