Categorias me nu
X

categorias

X
Entenda o que é e como funciona o intraempreendedorismo
Home / Categorias / Carreiras em TI

Entenda o que é e como funciona o intraempreendedorismo

por FCamara | 20 de fevereiro de 2017 | Carreiras em TI

Empreender é sinônimo de realizar. É algo que está, portanto, em todos os lugares. Todo empreendimento de sucesso tem uma boa dose de empreendedorismo — não apenas a óbvia, do dono ou do fundador, mas a vinda de seus funcionários.

O que é intraempreendedorismo?

Essa atitude empreendedora dos colaboradores é denominada de intraempreendedorismo. Ela ajuda a trazer valor à organização, levando-a a novos negócios e à inovação. Assim, melhora o desenvolvimento de novos produtos, serviços, tecnologias, técnicas administrativas, estratégias e posturas competitivas.

Profissionais intraempreendedores têm boa capacidade de análise de cenários, criação de ideias, predisposição para a inovação e busca de novas oportunidades para a organização. Eles entendem os processos da empresa e conhecem as necessidades do mercado. Assim, identificam carências antes mesmo de elas surgirem.

Foco na inovação

Sempre que um funcionário age de forma inovadora, para fazer mudanças e aperfeiçoamentos, está praticando o intraempreendedorismo. Esse comportamento ajuda as empresas a adquirirem vantagem competitiva no mercado.

Nem todos os colaboradores, porém, têm esse perfil. Por esse motivo, o intraempreendedor é um recurso humano muito importante. É, antes de tudo, um protagonista: além de ser empreendedor, tem capacidade de tomar atitudes, assumir lideranças e responsabilidades.

Um intraempreendedor não é somente mais um funcionário. Ele tenta o diferente, inova (em ideias, processos, ferramentas e/ou serviços) e constrói sua própria história. Quando tenta algo que não funciona, tira um aprendizado da situação. É essencial, portanto, que a empresa veja os erros como parte do processo, não como fracasso.

Esse profissional, muito valorizado, é cada vez mais procurado para ocupar espaços importantes em companhias de todo o mundo. A busca constante pela inovação e pela diferenciação são as chaves para que ele agregue valor às equipes em que trabalha.

Desenvolvimento de acordo com a cultura organizacional

O desenvolvimento interno dos colaboradores, com incentivo aos benefícios gerados por ele, e a orientação para resultados devem ser estimulados. A empresa deve criar condições para que o intraempreendedorismo se desenvolva naturalmente.

Isso, porém, não é uma tarefa fácil. É a cultura organizacional da empresa que vai motivá-los e ajudá-los a desenvolver seu intraempreendedorismo. Para isso, é preciso abrir mão da rigidez e do conservadorismo nos processos de tomada de decisão.

Essa motivação interna faz os funcionários se sentirem à vontade para desenvolver as habilidades necessárias ao intraempreendedor. Ela pode vir por meio de programas de coaching ou mentoria para acompanhar colaboradores de destaque.

Capacidade de propor novas ideias

Depois de um certo tempo de atividade, uma empresa pode perder seu potencial empreendedor. Os funcionários intraempreendedores inovam, recriam e reinventam processos e técnicas. São, portanto, indispensáveis para empresas já estabelecidas, pois reelaboram a cultura empreendedora interna.

Por isso, é comum que as organizações busquem colaboradores intraempreendedores dedicados e que trabalhem como sócios do negócio. Isso torna a empresa mais competitiva em médio e longo prazo.

Os gestores devem compreender que esses profissionais provavelmente serão melhores que eles. Os intraempreendedores são um ativo de luxo para a empresa. Não se deve enxergá-los como concorrentes, mas como parceiros.

Senso criativo e ousado

Esse profissional é incansável na busca pelo novo, sem medo dos riscos, com ousadia e criatividade. Seu objetivo é a melhora contínua e sua inquietação é característica inerente. Isso faz com que ele descubra oportunidades ocultas.

Apesar de seu espírito empreendedor, esse profissional não tem interesse de abrir um negócio. Ele prefere colaborar com a empresa em que está. Comprometido com o trabalho, ele tem uma conexão com a companhia: conhece a cultura organizacional e trabalha para que seu sucesso seja o sucesso de sua equipe.

Inquieto e inconformado, o intraempreendedor busca a melhoria contínua bem como capacitação para superar os desafios. Além de ter paixão pelo que faz, o faz com qualidade enquanto desenvolve a cultura de dono e persegue o resultado.

Você consegue identificar o intraempreendedorismo na sua empresa? Venha saber então como torná-la mais competitiva!

Comentários

inscreva-se

Fique por dentro das últimas notícias e novidades do Grupo FCamara e do nosso time #SANGUELARANJA