Categorias me nu
X

categorias

X
Conheça os principais objetivos de uso de uma API
Home / Categorias / Gestão e Negócios

Conheça os principais objetivos de uso de uma API

por FCamara | 31 de janeiro de 2017 | Gestão e Negócios

Para ganhar competitividade, muitas empresas utilizam as APIs para integrar softwares e dispositivos de hardware. Isso torna a infraestrutura mais integrada e eficiente. Além disso, novos serviços podem ser desenvolvidos, criando novas fontes de receitas.

Neste post, saiba mais sobre as APIs e como elas podem impactar a sua empresa.

O que é uma API?

Sigla para Application Programming Interface (que em português pode ser traduzido como Interface de programação de aplicativos), as API são interfaces de softwares que permitem a coleta e o envio de dados entre dois sistemas ou entre um sistema e um dispositivo de hardware.

Como os equipamentos eletrônicos e sistemas digitais são desenvolvidos com processos diferentes, as APIs são implementadas para facilitar a comunicação entre essas soluções. Dessa forma, ambientes virtuais tornam-se mais integrados e inovadores.

As APIs também podem ser caracterizadas como um conjunto de rotinas de software, que permitem o controle de um hardware, por meio de uma interface de software, ou a troca de dados entre dois sistemas.

Nesse sentido, as APIs podem ser implementadas em qualquer meio virtual, bastando apenas que um modelo de requisições seja criado.

Uma requisição padrão é composta por 4 partes:

  • URL: endereço do que será acessado (como o IP de um servidor ou o MAC ADDRESS de uma placa de rede, por exemplo);
  • método: indica o que será feito na requisição (obter um dado, modificar, remover ou inserir, por exemplo);
  • header: o cabeçalho contém detalhes sobre como o cliente interpretará os dados solicitados;
  • body: todo os parâmetros das informações que serão trocadas durante a requisição.

A resposta tem um corpo com um header e outro body. Além disso, ela conta com um código para indicar ao cliente o resultado do pedido (sucesso, erro, redirecionamento, etc), facilitando a criação de rotinas de software automatizadas, que podem lidar automaticamente com um problema na requisição.

Principais objetivos de uma API

Em geral, as APIs têm três objetivos principais. São eles:

  • o reúso de lógicas de programação, tornando o código mais enxuto e simples;
  • centralizar a lógica do código, permitindo o acesso centralizado a rotinas;
  • integrar várias aplicações e hardwares por meio de rotinas de “baixo nível” (que lidam com recursos avançados do dispositivo ou sistema).

Como as APIs podem beneficiar o seu trabalho

As APIs são recursos poderosos para quem busca novas formas de lidar com dados e tornar as soluções internas de uma empresa mais eficientes.

Ao produzir um software de Big Data, por exemplo, o negócio pode inserir APIs para obter informações personalizadas de serviços como o Twitter e do Facebook, melhorando os processos de Data Analytics.

Ao mesmo tempo, as APIs de redes sociais e serviços como o Google podem ser utilizadas para facilitar o cadastro em aplicativos mobile personalizados. Com alguns cliques, o usuário vai inserir automaticamente dados como nome, endereço, idade, sexo e e-mail nos sistemas do negócio.

APIs também podem ser utilizadas para controlar hardwares e equipamentos com interfaces de software. Por meio das APIs de sistemas como o Windows, por exemplo, a empresa pode implementar funções em seus softwares para monitorar os seus recursos digitais, obtendo uma visão mais abrangente da sua infraestrutura e rastreando problemas com mais agilidade.

Implementadas de forma inovadora, as APIs podem gerar ganhos em diversos setores. Juntos com os dispositivos da Internet das Coisas, por exemplo, elas podem contribuir para aumentar a eficiência e competitividade.

Ficou interessado no assunto? Leia o nosso post e saiba mais sobre a revolução da Internet das Coisas!

Comentários

inscreva-se

Fique por dentro das últimas notícias e novidades do Grupo FCamara e do nosso time #SANGUELARANJA