Categorias me nu
X

categorias

X
Como a prova de conceito ajuda a desenvolver o TI em uma empresa?
Home / Categorias / Gestão e Negócios

Como a prova de conceito ajuda a desenvolver o TI em uma empresa?

por FCamara | 20 de outubro de 2016 | Gestão e Negócios

Atualmente, as empresas da área de TI vêm usando uma nova ferramenta com o objetivo de identificar problemas técnicos e logísticos em potencial: o PoC (sigla em inglês para Prova de Conceito). A partir dela, a empresa e o cliente conseguem ter um maior poder de decisão sobre o desenvolvimento de um software ou de um determinado produto.

Quer saber o impacto que uma prova de conceito pode ter na sua empresa e ajudá-la a se desenvolver ainda mais? Então esse artigo foi feito para você.

O que é uma Prova de Conceito?

A PoC nada mais é do que um material documentado a respeito de um novo software, produto ou serviço atestando o seu potencial de sucesso.

A prova de conceito também é importante para ajudar criadores e desenvolvedores a identificar possíveis problemas, falhas ou vulnerabilidades que possam interferir no resultado final e, consequentemente, nos resultados esperados pela empresa.

Na prática, ela funciona da seguinte forma: O profissional tem uma ideia e precisa trazê-la para o mundo real. Então, é criado um protótipo ou um modelo para mostrar se o novo projeto funciona como planejado e as suas chances de êxito. Essa é a prova de conceito.

Por que a Prova de Conceito é tão importante para uma empresa?

A partir da criação da PoC, a empresa consegue analisar a complexidade do projeto do desenvolvedor, faz uma projeção dos custos envolvidos, estima o tempo necessário para trazer a ideia para um modelo real, define o tempo para que cada etapa ocorra, o que traz maior segurança para o investimento.

Fazer o desenvolvimento de um software, por exemplo, exige investimento na etapa de seu desenvolvimento, para o seu licenciamento, nos equipamentos de informática necessários e também na equipe de pesquisa e de execução envolvida no projeto.

Caso a empresa não faça a prova de conceito e já invista direto na ideia e ela não funcione ou se mostre inviável para os clientes, certamente será gasto muito mais dinheiro e recursos para fazer o projeto ganhar forma. Isso traz um custo muito maior para a organização, além de diminuir a confiabilidade do seu negócio frente aos investidores.

Como a tecnologia pode auxiliar na criação da prova de conceito?

Na hora de tirar a ideia do papel e trazer para o mundo real, é importante contar com soluções que possam auxiliar o desenvolvedor a executar a prova de conceito.

A tecnologia é importante para otimizar o trabalho de todos os profissionais envolvidos, além de agilizar e simplificar os testes e as validações necessárias para verificar se há uma real viabilidade ou não. Assim, as provas de conceito ajudam as empresas de TI a economizar dinheiro e tornar a sua produção mais estratégica e assertiva.

As tecnologias mais utilizadas para colocar as ideias em prática e verificar as suas funcionalidades são: as soluções de software, para a organização dos trabalhos, aliadas a um esboço do modelo conceitual, a uma simulação de solução ou ao protótipo executável.

Para fazer a PoC, é necessário utilizar alguns dos recursos citados acima, que podem variar de acordo com a natureza do projeto. O software é essencial para viabilizar a implantação do modelo e/ou a construção do protótipo.

Elaborar um protótipo, modelagem e simulações é algo de extrema importância para atrair o olhar de novos investidores e clientes. Além disso, caso a ideia seja aprovada, é possível para a empresa solicitar a propriedade intelectual do projeto.

Qual a importância do teste em um modelo?

A prova de conceito, antes de ser transformada em algo real, é fomentada pela leitura de artigos técnicos e científicos e adaptada no papel de acordo com os objetivos do desenvolvedor e da empresa.

Depois desse estudo da arte é que o projeto parte para as primeiras simulações e a equipe envolvida faz os testes necessários. Caso ocorram erros ou incompatibilidades, elas são corrigidas e o teste é realizado novamente.

Depois de atender a todos os requisitos de projeto nas simulações, é feita a prototipagem. O modelo não precisa ser bonito nem igual ao produto final, mas é necessário que o protótipo construído funcione dentro das premissas traçadas para o projeto e funcione corretamente.

Quais são os passos a seguir para fazer as provas de conceito?

Essa é uma dúvida bastante comum entre os desenvolvedores. Mas é algo relativamente simples:

1. Faça um orçamento detalhado

Um projeto só pode ser iniciado após a definição do orçamento para o seu desenvolvimento primário, a viabilidade de sua comercialização e, por fim, o valor envolvido nas provas de conceito.

Quando se fala em orçamento, também devem ser levadas em conta o marketing do produto frente aos clientes, propagandas em sites e nas redes sociais. Sem a publicidade, dificilmente o produto terá a audiência necessária para ser aceito e partir para as próximas etapas.

2. Defina os objetivos e as premissas do projeto

Quando um empresário ou desenvolvedor vai trabalhar em uma determinada ideia, é essencial definir quais são os seus objetivos e as premissas de projeto, mostrar tudo no papel o que e para que aquele projeto deve ser feito.

Em muitos casos, o responsável já tem tudo isso em mente, mas é necessário documentar e explicar de forma clara, para atrair a atenção dos investidores e mostrar a força e a importância da sua ideia.

3. Elabore um banco de dados dos usuários

A prova de conceito deve ser elaborada de acordo com a quantidade de usuários inicial, que, na prática, é o público-alvo do seu projeto.

Normalmente, esse número muda mensalmente e também de acordo com a aceitação do produto, que acaba passando por adaptações para atender aos usuários.

Por isso, é importante criar um banco de dados acerca dos mesmos, que deve ser atualizado à medida que o projeto ganha força e analisar as métricas de marketing em números para verificar a evolução e as chances de sucesso do seu produto.

Assim, a prova de conceito se mostra como uma estratégia de desenvolvimento essencial para as empresas de TI, que só vão investir maiores recursos no projeto se ele mostrar viabilidade e retorno para a organização.

Se você gostou do nosso conteúdo e quer receber novas atualizações do nosso blog, curta a nossa página do Facebook e fique sempre antenado!

Comentários

inscreva-se

Fique por dentro das últimas notícias e novidades do Grupo FCamara e do nosso time #SANGUELARANJA