Categorias me nu
X

categorias

X
Big data marketing: como os dados estão revolucionando as vendas?
Home / Categorias / Transformação Digital

Big data marketing: como os dados estão revolucionando as vendas?

por FCamara | 14 de julho de 2016 | Transformação Digital

Saber assimilar os dados que envolvem processos de venda requer um olhar apurado para não tirar conclusões apressadas ou mesmo cair na armadilha das ideias prontas. Se o objetivo é alavancar as vendas, já não basta uma campanha midiática estrondosa, é preciso acessar caminhos mais sofisticados. Assim chega-se ao big data marketing.

Usar dados provenientes da relação da marca com seus clientes ou prospects não é exatamente uma novidade. A forma de analisá-los e entendê-los dentro de uma tentativa de angariar novos clientes é que traz algo de novo para quem quer compreender melhor o marketing atual.

No post de hoje, entenda como o uso de dados está revolucionando as vendas. Confira:

Conhecer o cliente

Ter uma vaga ideia de quem pode ser seu cliente deixou de ter valor em uma competição acirrada por fascinar pessoas em torno de ideias, não somente de objetos. Essa já é uma ótima dica para pensar o marketing fora do esquema binário cliente-produto.

A necessidade de perceber os anseios de seus prospects e como trazer até eles as soluções mais ágeis e criativas para suas necessidades, passa por analisar dados e compará-los em busca de resultados específicos. Ter diante de si uma série de números não quer dizer que eles automaticamente falarão o que você quer ouvir.

Tem-se aí uma nova abordagem trazida pelo big data marketing. Especialistas ancoram-se em uma noção de que o big data deve servir a determinado tipo de negócio que deseja uma abordagem incisiva – sem ser invasiva – para se mostrar útil para determinado cliente, agora não mais visto genericamente.

Observar dados, compreender necessidades

Em vez de focar em referências genéricas que os dados podem trazer acerca de um determinado grupo de consumidores, o big data traz a certeza de estar enviando a mensagem certa para o consumidor correto. Assim, diminuem consideravelmente as chances de uma abordagem excessivamente abrangente com poucas chances de retorno.

Um exemplo padrão está no consumidor que deixa seus “rastros” em redes sociais quando busca por determinado produto. Com o auxílio dos mecanismos de vendas de anúncios dessas próprias redes é possível chegar a um consumidor já aberto à possibilidade de contato com um produto específico, que atenda ao seu desejo de consumo.

O retorno nesse tipo de abordagem, colocam os especialistas, tende a ser superior graças à compilação de atributos de determinado consumidor que o big data consegue captar, gerando oportunidades de negócio viáveis.

Medir custos

Um esforço do marketing em custear essa tecnologia para conquistar fatia expressiva de mercado passa pela constatação de que muitas das antigas formas de contato com os prospects no passado, se davam de forma tão desfocada, que poderiam produzir efeitos adversos.

O contato com determinado produto na hora errada pode criar uma situação de desconforto com a marca, levando o potencial consumidor a uma noção equivocada do negócio. Uma estratégia inteligente de vendas passa por novas formas de abordagem, em uma visão que tem por objetivo trazer mudanças estruturais no panorama futuro do marketing.

Como o big data marketing tem modificado sua visão sobre vendas? Conte para nós sua experiência e opinião sobre o assunto!

Comentários

inscreva-se

Fique por dentro das últimas notícias e novidades do Grupo FCamara e do nosso time #SANGUELARANJA